quinta-feira, junho 07, 2007

1 down... 1 to go

O bloqueio inicial de nem saber por onde começar deu lugar, como já é hábito, a um turbilhão de "coisas a não esquecer de incluir"!

Assim que comecei, percebi que ía (também como já é hábitual) ser uma luta absolutamente desigual entre a minha velocidade de pensamento e a minha velocidade de escrita... e então, entram os elefantes...

(No meio da confusão lembrei-me das tuas formiguinhas e do quão diferentes acabavam sempre os nossos testes... ah, nunca mais é Julho para pormos a conversa em dia... as piadas, a má lingua, os desabafos e o corte e costura!)

Quanto mais rápido o pensamento, maiores os elefantes.... Quanto mais queria escrever, mais eles cresciam...

Tão gigantescos e impressionantes que, casos houve, em que com 4 ou 5 palavras "elefanticamente" escritas enchi uma linha... e sucessivamente uma página... uma folha... e muitas, muitas folhas....

E agora, a angústia da espera... será que tinha elefantes suficientes?
Será que os que pintei de cor de rosa vão servir para alguma coisa? E os azuis?? Esses de certeza que têm que servir... Será que eu pus azuis que chegassem??
É pena que não se possa usar o marcador amarelo fluorescente... Tenho sempre a ilusão "ictérica" (?!?!? será que esta palavra existe?!?!) que se estiver sublinhado de amarelo, de certeza que conta como matéria sabida....

A propósito de elefantes... Como é que um elefante atravessa o lago?
Claro... A saltitar levemente de nenúfar em nenúfar :o)

photo by: cdgabinete, Giessen, Julho 2007

3 comentários:

matta Ari disse...

Não te preocupes! De certeza que o azul que escreveste foi mais que suficiente! Confia nas tuas capacidades! Afinal, tu trabalhas na ómeze! Tu já privaste com o "coffee"!
Beijinhos!

cdgabinete disse...

O que seria de mim sem ti, hein?!??!

Matta Ari disse...

:)